Esportes

Com derrota para o Rio Branco-PR, Coritiba é eliminado do Campeonato Paranaense

Com um a menos em campo, Coxa acabou sendo surpreendido pelo Alvirrubro que, por sua vez, garantiu sua permanência na elite em 2022

Com derrota para o Rio Branco-PR, Coritiba é eliminado do Campeonato Paranaense

Não faltou emoção na última rodada do Campeonato Paranaense. Em confronto disputado no estádio da Estradinha, em Paranaguá, a equipe do Rio Branco fez valer a superioridade numérica em campo, e acabou superando o Coritiba pelo placar de 2 a 1.

Com o resultado, o Alvirrubro chegou aos 11 pontos escapando do rebaixamento na competição. Por outro lado, o Coxa acabou não garantindo sua vaga no mata-mata ficando na 9ª colocação com 14 pontos, um a menos que o Azuriz, que mesmo sendo derrotado pelo Cianorte, terminou na 8ª posição com 15 pontos.

RIO BRANCO ABRE A CONTAGEM LOGO NO INÍCIO

Com o gramado muito judiado, a bola praticamente não havia nem rolado direito, e lá estava o time do Rio Branco inaugurando o placar na Estradinha. Com menos de 1 minuto de jogo, após cobrança de falta de Alex Mineiro, Pedro Botelho, de peixinho, tratou de colocar os donos da casa em vantagem. 1 a 0.

COXA NÃO DESANIMA E EMPATA MOMENTOS DEPOIS

Porém, mesmo com o tento rival, a equipe de Gustavo Morínigo tentou manter a calma em campo. E deu certo. Aos 14 minutos, após cobrança de escanteio de Igor, a bola acabou sobrando dentro da área para Wellington Carvalho que, por sua vez, não perdoou e mandou para o fundo das redes do goleiro Lucas. 1 a 1.

VISITANTES FICAM EM DESVANTAGEM NUMÉRICA NO FIM DA PRIMEIRA ETAPA

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Com a igualdade no marcador, a equipe do Coritiba seguia atento a qualquer tipo de investida por parte do Leão, visando manter a posse de bola, além de finalizar contra o gol adversário. Por outro lado, passou a focar mais também na marcação para não ser surpreendido.

Sendo assim, já na reta final, acabou pagando pelo excesso de Val. Aos 43 minutos, o meia acabou chegando com a trava em Marcelinho, fazendo com que o árbitro o expulsasse de campo deixando o alviverde com um a menos.

COXA INICIA MELHOR A SEGUNDA ETAPA

Buscando a virada no marcador, a equipe de Gustavo não queria saber de sofrer pressão por parte do Rio Branco e, desde o início da segunda etapa foi pra cima. Entretanto, até meados dos 15 minutos, acabou assustando apenas uma vez o arqueiro da equipe mandante em uma cabeçada de Léo Gamalho, sobre dois marcadores, quase conseguindo deixar o dele.

ALVIRRUBRO VOLTA A FICAR NA FRENTE

Mesmo depois do susto sofrido, foi a vez do Rio Branco manter a tranquilidade para encontrar seu gol. E também se deu bem. Aos 21 minutos, aproveitando cruzamento vindo pela esquerda, acabou pegando a sobra de bola e, com frieza, bateu por cobertura na saída do goleiro Wilson. 2 a 1.

CORITIBA VAI PARA O TUDO OU NADA

Buscando forças para arrancar um empate na reta final do duelo, a equipe alviverde corria contra o tempo. Mesmo com algumas alterações promovidas por Morínigo, ​como as entradas de Valdeci e Dalberto, pouco conseguiu criar em campo até os acréscimos.

Sendo assim, foi a deixa para que o árbitro colocasse um ponto final na partida em Paranaguá, para lamentação dos jogadores do Coxa. Por outro lado, a comemoração estava garantida por parte dos atletas do Rio Branco que, por sua vez, mantiveram o clube na primeira divisão em 2022.

FICHA TÉCNICA
RIO BRANCO x CORITIBA – 11ª RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE
Estádio: Estradinha, em Paranaguá (PR)
Data: 15 de maio de 2021, às 11h30 (de Brasília)
Árbitro: José Mendonça da Silva Jr
Assistentes: Luciano Roggenbaum e Zacarias Chumlhak
Cartões amarelos: Renato, Juninho, Paulo Henrique e Jacy (RBO) / Rafinha (COR)
Cartões vermelhos:

GOLS: Pedro Botelho, 0’/1ºT Wellington Carvalho, 14’/1ºT; Marcelinho, 21’/2ºT

RIO BRANCO (Técnico: Victor Hugo Annes)
Lucas; Igor Matheus, Renato, Pedro Botelho e Higor; Paulo Henrique, Alex Mineiro (Bernardo, no intervalo) e Zezinho (Jacy, aos 39’/2ºT); Demethryus, Marcelinho e Douglas.

CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo)
Wilson; Igor, Wellington Carvalho (Dalberto, aos 43’/2ºT), Luciano Castán e Romário (Valdeci, aos 37’/2ºT); Willian Faria, Val e Rafinha; Igor Paixão (Natanael, aos 19’/2ºT), Waguininho (Jhony Douglas, no intervalo) e Léo Gamalho.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago