Esportes

Com covid-19, Renan convoca mais 4 jogadores para a seleção de vôlei


Apesar de afastado dos treinamentos por ter testado positivo para coronavírus, o técnico Renan Dal Zotto, que está com sintomas leves da doença, anunciou, nesta quinta-feira, a convocação de mais quatro jogadores para integrarem a seleção brasileira masculina de vôlei.

Os convocados foram o oposto Wallace, o central Flávio, o levantador Carísio e o ponteiro Vaccari, que deverão se apresentar em Saquarema na próxima segunda-feira. Eles vão se unir ao levantador Fernando Cachopa, o oposto Alan, o central Isac e o ponteiro Rodriguinho. Além deles, outros cinco jogadores participam dos treinos como convidados: os ponteiros Adriano e Maicon, o oposto Darlan, o central Léo e o líbero Alexandre Elias.

Além de Renan, o vice-presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Radamés Lattari está intubado, também com covid-19, mas com quadro estável.

Neste ano olímpico, as seleções brasileiras têm como primeiro compromisso a Liga das Nações, que vai acontecer em sistema de bolha, na cidade de Rimini, na Itália. A competição masculina será de 28 de maio a 23 de junho.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS