Esportes

Com boa atuação, Vasco derrota Oriente Petrolero na estreia da Copa Sul-Americana

O Vasco estreou com vitória na Copa Sul-Americana, ao derrotar o Oriente Petrolero (Bolívia), por 1 a 0, nesta quarta-feira, em São Januário. Com o resultado, o time do técnico Abel Braga só vai precisar de um empate para seguir na competição internacional, dia 19, em Santa Cruz de la Sierra.

Apesar das fortes chuvas que castigaram o Rio, mais de 18 mil torcedores compareceram ao jogo. Dentro de campo, a drenagem do gramado de São Januário garantiu um bom toque de bola no primeiro tempo. O Vasco, com mais domínio do jogo, tocou a bola com paciência em busca dos espaços vazios para organizar as jogadas.

O principal destaque vascaíno foi o jovem atacante Talles Magno, que, com sua velocidade e habilidade, escapou pela direita e fez ótimo cruzamento para Germán Cano. Com um belo toque, mas em impedimento, o argentino abriu o placar, aos 19 minutos.

Em vantagem no placar, o Vasco continuou com o mesmo ritmo. Pikachu levou perigo duas vezes ao gol de Banegas, que fez defesa após finalização de Marrony, aos 37 minutos.

O Vasco forçou ainda mais o ritmo no início do segundo tempo. Aos quatro minutos, Pikachu surgiu na direita e cruzou para Marcos Júnior, que acertou a trave. Na sequência, Marrony também teve chance de aumentar a vantagem.

Já o Oriente Petrolero, ao contrário da primeira etapa, mostrou um melhor posicionamento para iniciar os contra-ataques e causou problema para o setor chefiado por Leandro Castán.

Mais duas vezes o travessão ajudou a equipe boliviana, aos 26 minutos. Após escanteio da esquerda, Werley finalizou primeiro e depois Marcos Júnior.

Pikachu e Talles Magno cansaram no segundo tempo e, com isso, a produção ofensiva do Vasco diminuiu muito, mas o time de Abel merecia uma vantagem um pouco maior. Os bolivianos não demonstraram força para ficar com a vaga no jogo de volta.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 0 ORIENTE PETROLERO

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Marcos Júnior (Juninho), Raul e Talles Magno; Marrony (Vinícius) e Cano. Técnico: Abel Braga.

ORIENTE PETROLERO: Banegas; Saucedo, Olguín, Franco e Mercado (Navarro); Palmieri, Rojas, Pozo e Salvatierra (Gutierrez); Salinas (Sánchez) e Bueno. Técnico: Pablo Sánchez.

GOLS: Cano aos 19 minutos do primeiro tempo.

JUIZ: Augusto Aragón (Equador).

CARTÕES AMARELOS: Daniel Franco, Andrey, Talles Magno; Olguín.

RENDA: R$ 721.091,00.

PÚBLICO: 17.706 pagantes (18.105 presentes).

LOCAL: São Januário.