Economia

Com aumento de obstáculos, China deve acelerar apoio fiscal para proteger crescimento

Com aumento de obstáculos, China deve acelerar apoio fiscal para proteger crescimento

Distrito financeiro de Lujiazui em Pudong, Xangai


Por Kevin Yao

PEQUIM (Reuters) – A China deve acelerar os gastos em projetos de infraestrutura, enquanto o banco central apoia a economia com medidas modestas de flexibilização, já que os riscos da variante Delta do coronavírus e inundações no país ameaçam desacelerar sua recuperação, disseram analistas e especialistas do país.

Os líderes chineses estão tentando evitar uma desaceleração mais acentuada do crescimento no segundo semestre, que pode levar a demissões, mas há pouco apetite para que aumentem o estímulo, já que isso poderia minar um esforço de longo prazo para reduzir os riscos da dívida, disseram.

A economia da China recuperou seus níveis de crescimento pré-pandemia, impulsionada por exportações surpreendentemente fortes, mas a expansão está perdendo fôlego, com enfraquecimento do consumo e do investimento.

Na semana passada, uma reunião do Politburo, um órgão para tomadas de decisão do Partido Comunista, prometeu manter uma postura acomodatícia em face de uma recuperação doméstica desigual e da incerteza global.

“A pressão negativa sobre a economia está aumentando, mas temos ferramentas suficientes para lidar com isso”, disse uma fonte que assessora o governo. “A política fiscal será mais eficaz em fornecer suporte direcionado para a economia.”

A economia chinesa está a caminho de crescer mais de 8% este ano, mas analistas dizem que a demanda reprimida pela Covid-19 atingiu seu pico e prevêem que as taxas de crescimento estão começando a se moderar.

O Banco do Povo da China provavelmente terá um papel de apoio no segundo semestre, disseram analistas e especialistas em política monetária. Há espaço para anúncio de outro corte de compulsório este ano para aumentar a liquidez, o que ajudará os governos locais a vender títulos.

Mas o banco pode ter que agir com cautela no corte de juros num momento em que o Federal Reserve está considerando reduzir seu estímulo, o que poderia aumentar as saídas de capital da China e adicionar pressão sobre o iuan, dizem analistas.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH720OZ-BASEIMAGE

Veja também
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago