Esportes

Com aumento de casos de covid-19 nos EUA, Maratona de Chicago é cancelada

A organização da Maratona de Chicago anunciou nesta segunda-feira que a corrida deste ano foi cancelada devido à pandemia do novo coronavírus. A prova estava agendada para o dia 31 de outubro, nos Estados Unidos.

“Em resposta às preocupações de saúde pública causadas pela pandemia do coronavírus, a Cidade de Chicago anuncia a decisão de cancelar a Maratona de 2020 e todas as atividades relacionadas à prova”, disse a organização, em comunicado.

“A esperança nos impulsiona como corredores e como seres humanos”, afirmou o diretor executivo da prova, Carey Pinkowski. “Minha esperança era de ver todos na linha de partida no domingo, dia 11 de outubro, mas nossa mais alta prioridade tem sido a segurança dos participantes e dos nossos voluntários.

Os organizadores informaram que os inscritos poderão obter o dinheiro de volta ou poderão confirmar seu lugar nas edições de 2021, 2022 e 2023 da corrida.

Nos últimos dias, os Estados Unidos vêm registrando picos de contaminações por covid-19 em diferentes estados. O país segue como o recordista em número de mortos e infectados, à frente de Brasil e Índia.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Nas últimas semanas, diversas maratonas tradicionais do circuito mundial foram canceladas pelo mesmo motivo, casos de Nova York, Boston e Berlim, na Alemanha.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?