Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Com o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores na cabeça, o Atlético-MG visita o Juventude neste sábado para manter o embalo no Brasileirão e não deixar o líder Palmeiras disparar. O jogo válido pela 15ª rodada está marcado para as 16h30, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

As duas vitórias seguidas – sobre Flamengo e Fortaleza – colocaram o Atlético-MG na quinta colocação, com 24 pontos, cinco a menos que o Palmeiras. No outro extremo da tabela está o Juventude. Penúltimo colocado, com 11 pontos, o time gaúcho não ganha há cinco partidas.

Diante da maratona de jogos, o técnico Antonio Mohamed pode poupar alguns titulares pensando no confronto de volta das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Emelec-EQU, na próxima terça-feira, no Mineirão. Na ida, no Equador, os times ficaram no empate por 1 a 1.

“Nosso foco é o jogo de amanhã (sábado). Vai jogar quem estiver melhor preparado e só depois do jogo contra o Juventude é que vamos pensar no Emelec”, disse o meia Rubens, que também já atuou na lateral-esquerda.

A escalação, porém, só será conhecida momentos antes da bola rolar. A delegação embarcou para Caxias do Sul com força máxima. As exceções são o volante Jair, o meia Zaracho e o atacante Keno, que seguem em tratamento no departamento médico.

Depois de estrear no comando do Juventude no empate sem gols com o São Paulo, no Morumbi, Umberto Louzer faz sua primeira partida no Alfredo Jaconi. A única mudança no time titular será na lateral-esquerda com o retorno do capitão William Matheus, que cumpriu suspensão automática, no lugar de Moraes.

“A expectativa é que possamos dar um salto de qualidade a mais daquilo que nós apresentamos lá contra o São Paulo. Dessa forma, consigamos fazer um grande jogo dentro da nossa casa e atingir assim o nosso objetivo que é vencer”, comentou o treinador.