Esportes

Com alunos na Ásia, CBF Academy inaugura primeiras turmas internacionais

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançou nesta quarta-feira as três primeiras turmas internacionais da CBF Academy. Os 47 alunos que vivem na China, no Japão e na Tailândia estão participando juntos de uma aula inaugural por videoconferência. O encontro online é o passo inicial deles nos cursos de licenças de treinador níveis B e C da Academy, instituição educacional da CBF para formação e aperfeiçoamento dos profissionais do futebol.

Voltadas para brasileiros que moram no continente asiático, as aulas serão divididas entre encontros por EAD (ensino à distância) e dinâmicas presenciais. Pequim, capital chinesa, receberá turmas das Licenças B e C, enquanto que Phuket, na Tailândia, contará com um grupo da Licença B.

Com carga de 210 horas, a Licença B é voltada para profissionais que buscam capacitação para trabalhar com categorias de base no futebol. O perfil dos alunos é de ex-jogadores que atuaram na Ásia e agora fazem a transição de carreira para fora das quatro linhas. Serão 27 alunos na turma da China e outros 10 na turma da Tailândia, que inclui dois profissionais que moram no Japão.

Já a Licença C é direcionada para profissionais de educação física que residem no continente asiático e estão em busca de formação para trabalhar com escolinhas de futebol. O curso conta com 150 horas de aulas remotas e presenciais e tem 10 alunos matriculados para a turma de Pequim.

Após a sessão inaugural, as aulas das três turmas seguem a partir do dia 3 de agosto no sistema EAD. Já as dinâmicas presenciais estão marcadas para o final do ano. A Licença B chinesa será realizada entre 7 e 15 de novembro, enquanto que a turma tailandesa será entre dias 1 e 9 de dezembro. A Licença C, em Pequim, terá aulas in loco de 17 a 25 de novembro.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Criada em 2016, a CBF Academy já formou mais de 6 mil alunos em seus cursos, que abrangem desde a formação de técnicos através das Licenças (PRO, A, B e C), até as áreas de gestão esportiva no futebol, análise de desempenho, preparação física e de goleiros, direito esportivo, intermediação de negociações, entre outros. Há quatro anos, quando iniciou suas atividades, a Academy contava com seis cursos. Em 2020, a previsão é realizar 68.

Veja também

+ Luísa Sonza abre jogo sobre comentários machistas que recebe na internet

+ Marcos sai em defesa de Marcelinho e questiona Casagrande: ‘Que democracia é essa?’

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Simaria posa com vestido sensual e arranca suspiros

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?