Esportes

Colômbia reforça candidatura ao título da Copa América após vitória sobre o Paraguai

Invicta, sem sofrer gols e jogando um bom futebol, a Colômbia avançou às quartas de final fortalecida com a vitória de 1 a 0 sobre o Paraguai neste domingo em Salvador no encerramento do Grupo B, uma campanha que a coloca como candidata ao título da Copa América.

Gustavo Cuéllar, aos 31 minutos, marcou o gol da vitória do time comandado pelo português Carlos Queiroz no jogo que foi disputado na Arena Fonte Nova.

A Colômbia vai enfrentar na próxima sexta-feira em São Paulo, o segundo colocado do Grupo C, onde o bicampeão Chile é líder com 6 pontos seguido pelo Uruguai, que tem 4. As duas seleções se enfrentam na segunda, no Maracanã.

O técnico português Carlos Queiroz se mostrou satisfeito, mas com o pé no chão: “Agora começa a verdadeira Copa América para a Colômbia. Como nas Copas do Mundo, as fases de eliminação direta são cruciais”, disse em entrevista coletiva.

“A principal vitória da Colômbia hoje é ter entrado em campo com a certeza de que temos 22 jogadores prontos para trabalhar, para entrar em campo com responsabilidade”, acrescentou

– Colômbia controla e marca –

Com dez alterações em relação ao time que venceu o Catar (1-0), a Colômbia rapidamente controlou a posse de bola e criou três chances de gol com Edwin Cardona, Luis Díaz e Falcao.

O time abriu o placar aos 31 minutos em uma jogada pela direita, iniciada por Santiago Arias com uma bola cruzada na grande área que sobrou para Cuéllar.

O volante do Flamengo dominou e com um chute forte mandou a bola por entre as pernas do goleiro Gatito Fernández fazendo 1 a 0.

Sólida em seu jogo, a Colômbia não permitiu que o time adversário reagisse. Os paraguaios sofriam para recuperar a bola e não achavam um jeito de se conectar com o ataque diante da defesa colombiana bem posicionada.

– VAR entra em cena –

O ritmo e a posse de bola pouco mudou no segundo tempo.

A Colômbia poderia ter ampliado em duas oportunidades, primeiro com um chute de Cardona dentro da área que Gatito defendeu e depois com uma cabeçada de Lerma que o goleiro do Botafogo agarrou em dois tempos.

Com James Rodríguez no lugar de Cuadrado e Duván Zapata substituindo Falcao, a Colômbia renovou seu ataque e conseguiu marcar 2 a 0 com Luis Díaz (68) mas o gol foi anulado pelo árbitro peruano Víctor Carrillo após consulta ao VAR devido a um toque de mão do jogador do Junior de Barranquilla quando recebeu na área.

A anulação do gol não foi suficiente para despertar o Paraguai. A Colômbia ainda poderia ter ampliado com um pênalti, que acabou sendo anulado novamente pelo VAR.

cl/mcd/aam