Geral

Coletivo de torcedores do Bahia cria campanha para ajudar ambulantes

“Fiado Invertido: compro e não nego, pego quando puder”. Esta é o lema da campanha para ajudar vendedores ambulantes no período de suspensão do futebol, em tempos de pandemia do novo coronavírus (covid-19). A iniciativa partiu da Frente Esquadrão Popular, um coletivo de torcedores, conselheiros e sócios do Bahia. A iniciativa tem o apoio do clube e, além de beneficiar os camelôs que atuam no entorno da Arena Fonte Nova, também deve ajudar os trabalhadores informais que comercializavam produtos nas imediações dos estádios de Pituaçu e Barradão. O coletivo publicou ainda um vídeo explicativo no Youtube mostrando, passo a passo, como fazer a contribuição financeira.     

O objetivo é que os torcedores comprem agora as mercadorias e as recebam depois do fim do perído de distanciamento social, ou seja, após o retorno dos jogos. As contribuições são realizadas online, pela internet, diretamente nas contas dos ambulantes. Existe a possibilidade ainda das pessoas simplesmente doarem determinado valor como ajuda a quem não vai poder trabalhar nas próximas semanas, em decorrência do risco de contaminação pela covid-19.

Os organizadores chamaram os ambulantes mais conhecidos do público para estrelarem a campanha e esperam que a proposta possa se multiplicar em outras torcidas e equipes.  Afinal, trata-se de uma questão de sobrevivência. Segundo o último levantamento do IBGE, quase 55% dos trabalhadores baianos vivem na informalidade.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel