Economia

Cofundador da Natura destaca que sempre olhou para Avon com respeito e admiração

Em nota, o cofundador da Natura, Luiz Seabra, destacou nesta quarta-feira, 22, que sempre olhou para a Avon com respeito e admiração. “A união de hoje cria uma força importante no segmento. A venda direta já era uma rede social antes mesmo de a palavra existir, e a chegada da tecnologia e da globalização apenas multiplicou as oportunidades de se conectar com os consumidores de maneira significativa”, afirma o executivo.

A Natura anunciou nesta quarta, a aquisição da Avon Products, Inc., em uma operação de troca de ações, criando o quarto maior grupo exclusivo de beleza no mundo. Com a Avon, a Natura &Co terá faturamento bruto anual superior a US$ 10 bilhões, mais de 40 mil colaboradores e presença em 100 países.

Seabra acrescenta ainda que o modelo de negócios está evoluindo para a venda por relações e o poder da era digital permite que o grupo vá além de fornecer produtos e consultoria, ampliando o empoderamento das mulheres por meio da independência financeira e do aumento da autoestima. “Acreditamos que os negócios podem ser uma força para o bem e, com a Avon, ampliaremos nossos esforços pioneiros para levar valor social, ambiental e econômico a uma rede em constante expansão”, destaca.

Sinergias

As sinergias estimadas entre US$ 150 milhões e US$ 250 milhões anuais resultantes da nova empresa resultante da Natura e Avon devem ser parcialmente reinvestidos para aumentar a presença da Natura nos canais digitais e mídias sociais, em pesquisa e desenvolvimento, iniciativas de marca e expansão da presença geográfica do grupo, informou a empresa nesta quarta-feira, 22.

O presidente executivo do Conselho de Natura &Co, Roberto Marques, afirma também na nota que após as aquisições da Aesop em 2013 e da The Body Shop em 2017, a Natura &Co está dando um passo decisivo para construir um grupo global, multimarca e multicanal, orientado por propósito.

“A Avon é uma marca icônica, com colaboradores dedicados e mais de cinco milhões de representantes que também acreditam no poder das relações. Juntos, aprimoraremos nossas crescentes capacidades digitais, nossa rede social de Consultoras e Representantes e alavancaremos nossa presença global de lojas e marcas diferenciadas, conectando e influenciando milhões de consumidores com diferentes perfis diariamente, tornando nosso grupo único”, afirma.

Já o CEO da Avon, Jan Zijderveld, destaca que esta combinação é o começo de um novo e animador capítulo na história de 130 anos da Avon. “É um testemunho do progresso de nossos esforços de transformação da empresa, e acreditamos que isso permitirá acelerar significativamente nossa estratégia e expandir ainda mais nossa operação para o canal online”, ressalta.

Para o executivo, juntamente com a Natura, a Avon terá acesso mais amplo à inovação e a um portfólio de produtos, uma plataforma digital e de comércio eletrônico mais forte, além de dados e ferramentas aprimorados para que as Representantes liderem o crescimento e aumentem a geração de valor para os acionistas. Zijderveld afirma ainda que com o apoio da Natura, a empresa continuará a investir em tecnologia para aprimorar as capacidades digitais e produtividade das representantes.

O presidente do Conselho da Avon, Chan Galbato, por sua vez, afirma que a Natura representa uma nova era de crescimento para a Avon. “O Conselho da Avon está confiante que a Natura será uma parceira poderosa para a marca, ao mesmo tempo em que oferece mais escala, operações e oportunidades ampliadas para colaboradores e Representantes, além de tremendo potencial de ganho para acionistas de ambas as empresas”, destaca em nota.