ISTOÉ Gente

“Cocaína potencializa o ódio”, diz João Gordo sobre vício de Chorão

Crédito: Reprodução/ YouTube

O apresentador João Gordo comentou sobre o vício do cantor Chorão durante painel na Comic Con Experience (CCXP) do documentário sobre a vida do cantor na noite desta quinta-feira (5). “A cocaína potencializa o ódio. O pouco de mal caráter que ele tinha multiplicava por algo gigantesco”, disse. As informações são do UOL.

João também relembrou o dia em que ficou sabendo da morte do músico, em 2013. “Chorei muito quando ele morreu. E no dia resolvi fazer um baseado desse tamanho, um tabaco de baseado, e saí de carro para passar em frente ao prédio dele. Isso cheio de polícia, TV e fã, e eu fumando um pra homenagear o cara”, comentou.

De acordo com o UOL, durante o painel foi revelado também um episódio em que Chorão bateu em um adolescente na fila do supermercado depois de ver ele comprando um CD do grupo Rouge e de quando ele ligou para a apresentadora Sarah Oliveira pedindo para pedir desculpas ao vivo na MTV para o cantor Marcelo Camelo após agredi-lo em um aeroporto.

Tópicos

Chorão João Gordo