Economia

Cobre opera em alta em Nova York, após balança comercial da China

São Paulo, 12/10/2018 – O cobre opera em alta em Nova York, mas estável em Londres, tentando uma recuperação modesta após dias turbulentos nos mercados, que provocaram menor apetite por risco em sessões recentes. Além disso, números da balança comercial da China são avaliados.

Às 7h30 (de Brasília), o cobre para três meses operava estável, em US$ 6.274 a tonelada, na London Metal Exchange (LME), e às 8h48 o cobre para dezembro subia 0,45%, a US$ 2,8155 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Mais cedo, dados oficiais mostraram um crescimento nas compras da China de cobre. O país importou 521 mil toneladas do metal em setembro, alta de 21% na comparação anual, e entre janeiro e setembro suas importações ficaram em 3,99 milhões de toneladas, avanço de 16% ante igual intervalo do ano passado.

Entre outros metais básicos negociados na LME, o zinco subia 1,01%, a US$ 2.646 a tonelada, o estanho caía 0,76%, a 19.045 a tonelada, o níquel operava em alta de 0,51%, a 12.770 a tonelada, e o chumbo avançava 0,5%, a US$ 2.007,50 a tonelada.

Tópicos

manhã metais Mundo