Geral

Cobras são encontradas em embalagens dos Correios no Recife

Crédito: Divulgação/ CPRH

Funcionários dos Correio identificaram duas cobras em uma encomenda que saíria de Recife com destino a São Paulo. Os trabalhadores acionaram o Ibama, após perceberem a presença dos animais nas caixas, ao passarem as embalagens pelo raio-x na quinta-feira (23).

As cobras exóticas foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), unidade da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), no Recife. As duas serpentes traficadas são das espécies Corn Snake (Pantheropis guttatus) e King Snake (Genus Lampropeltis).

De acordo com o gestor do Cetas Tangara, Yuri Valença, “as serpentes são exóticas e não podem ser soltas na natureza do território brasileiro. Então, serão encaminhadas para criadouro legalizado”. Tanto a compra como a venda de animais silvestres sem autorização são crimes ambientais, com penas que podem variar entre três meses há um ano de prisão, além de multa.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ O processo de formação como obra

+ Arte e algoritmo: Uma genealogia

+ Radicalmente vivo