Economia

CNI e entidades de 13 países pedem à OMC fortalecimento do comércio multilateral

Em carta enviada à nova diretora do organismo, Ngozi Okonjo-Iweala, as representações pedem, também, fortalecimento do diálogo com o setor privado e a modernização do sistema de comércio mundial

CNI e entidades de 13 países pedem à OMC  fortalecimento do comércio multilateral

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) e outras 13 entidades empresariais de 14 países enviaram carta à Organização Mundial do Comércio (OMC) em que reforçam seu apoio ao sistema multilateral de comércio mundial e pede maior engajamento entre o organismo e a comunidade empresarial. Na correspondência, encaminhada nesta quarta-feira (17) a Genebra, as representações do setor privado também congratulam a nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, primeira mulher e africana a dirigir a OMC.

No documento, as entidades destacam o papel da OMC em estabelecer regras e princípios gerais para o comércio mundial e seu papel nas negociações e na solução de disputas entre países. Afirmam, ainda, que esse sistema resultou em grandes benefícios aos países-membros, com criação de postos de trabalho e redução da pobreza, e transparência e previsibilidade necessárias para fomentar a liberalização do comércio global.

As entidades reforçam, entretanto, a necessidade de reformas e aprimoramento dos mecanismos da OMC para assegurar o seu melhor funcionamento diante dos desafios do século 21. “A OMC pode se beneficiar de contribuições específicas e oportunas daqueles na linha de frente do comércio internacional e que enfrentam seus desafios diariamente. É importante lembrar que são as empresas que conduzem comércio através das fronteiras com base em regras e princípios”, afirma o documento.

A CNI ressalta o pedido emergencial para revitalização completa com o Órgão de Solução de Disputas da OMC que resolve questões jurídicas de barreiras e subsídios e garante o comércio justo. O Brasil é um dos principais usuários e tem casos que representam US$ 7 bilhões em curso.

Na carta, as representações apontam, ainda, caminhos em que a OMC pode alcançar um diálogo mais regular e estruturado com a comunidade empresarial, entre elas:

– Estabelecer um conselho consultivo que permitiria ao setor privado oferecer informações e observações em temas de importância;

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

– Organizar diálogos sobre comércio mais regulares, bem como consultas e audiências sobre negociações específicas;

– Criar uma plataforma online em que partes interessadas possam se registrar para fortalecer o diálogo e a transparência. Esta poderia atuar como fórum para a OMC compartilhar informações sobre negociações em curso e permitir às empresas de todos os portes, incluindo pequenas e medidas, e de todos países a contribuir.

Veja abaixo a lista de entidades empresariais signatárias da carta à diretora-geral da OMC, Ngozi Okonjo-Iweala.

– Swedish Enterprise, Suécia

– Australian Chamber of Commerce and Industry, Austrália

– Business Association of Georgia, Georgia

– Business Unity of South Africa (BUSA), África do Sul

– Business NZ, Nova Zelândia

– Canadian Chamber of Commerce, Canada

– Confederation of Indian Industry (CII), Índia

– Confederação Nacional da Indústria (CNI), Brasil

– Coparmex, México

– Confederation of Tanzania Industries, Tanzânia

– Federation of Korean Industris (FKI), Coreia do Sul

– Keidanren, Japão

– Unión Industrial Argentina (UIA), Argentina

– US Chamber of Commerce, Estados Unidos

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago