Agronegócio

CNA reúne produtores e exportadores para impulsionar cadeias de feijão e pulses

São Paulo, 23 – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) reuniu na terça-feira, 22, produtores e exportadores de feijão para conhecer a experiência dos exportadores e elaborar “uma agenda positiva” para o setor. China, Índia, Emirados Árabes, Turquia e Egito são os países que mais importam feijão e pulses (leguminosas secas como grão-de-bico, ervilha e lentilhas) e a avaliação da CNA é de que o Brasil tem potencial para aumentar a produção, tendo em vista que ainda é importador de lentilhas e grão-de-bico.

“A intenção é que possamos repetir esses encontros com agendas específicas para podemos elevar a competitividade desses produtores rurais”, disse, em nota, o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi.