Economia

CMN autoriza BC a estender prazo de contrato de swap com o Fed


O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou nesta quinta-feira, 26, o Banco Central a estender o prazo do contrato de swap com o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), de 30 de setembro para 31 de dezembro deste ano.

A linha de swap de liquidez em dólares com o banco central dos Estados Unidos foi aberta em 19 de março do ano passado, em meio à crise decorrente da pandemia de covid-19. A linha – com um montante de até US$ 60 bilhões – amplia a oferta potencial da moeda americana no mercado doméstico, mas até o momento não precisou ser acessada pelo BC.

“Esta linha não implica condicionalidades de política econômica e amplia os fundos e instrumentos disponíveis para as operações de provisão de liquidez em dólares pelo BC. A linha de liquidez soma-se ao conjunto de instrumentos disponíveis do BC para lidar com a alta volatilidade dos mercados em decorrência da pandemia da covid-19”, relembrou a autoridade monetária, em nota.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua