Economia

CMN aumenta limites para contratações de operações de crédito por Estados


O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta segunda-feira, 24, em reunião extraordinária, a ampliação dos limites para contratações de operações de crédito por Estados em 2020. A Resolução foi publicada nesta segunda no BC Correio e o Ministério da Economia informou, por meio de nota, que a medida aumenta em R$ 6 bilhões o limite global dos entes da Federação.

“A Resolução aprovada eleva o limite de contratação de operações de crédito, com garantia da União, de até R$ 4,5 bilhões para até R$ 7,5 bilhões e, sem garantia da União, de até R$ 7,5 bilhões para até R$ 10,5 bilhões, neste ano. Dessa forma, o limite global estabelecido para 2020 passa de até R$ 12,4 bilhões para até R$ 18,4 bilhões”, diz a nota.

Segundo o ministério, o novo limite está alinhado com a projeção de resultado primário para os Estados e a meta de resultado para as empresas estatais federais, conforme o estabelecido na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020, e “não gera impacto fiscal para a União”.

O ministério informou ainda que a utilização deste limite poderá ser acompanhada pelas instituições que integram o sistema financeiro por meio do site do Banco Central.

Veja também
+ Modelo Suzy Cortez vai ao treino da Argentina dar água de seu banho a Messi
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Mano Brown se irrita com possível acerto do Santos com volante do Corinthians: ‘Tá tirando’
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago