Comportamento

Clube sul-coreano pede desculpas por colocar bonecas infláveis em arquibancada

Clube sul-coreano pede desculpas por colocar bonecas infláveis em arquibancada

Bonecas colocadas nas arquibancadas do estádio do FC Seoul durante partida do campeonato contra Gwangju, em 17 de maio de 2020

O clube de futebol sul-coreano FC Seoul teve que se desculpar por colocar bonecas infláveis nas arquibancadas do seu estádio em plena pandemia de coronavírus. “Lamentamos sinceramente que tenhamos criado uma situação desconfortável para os nossos torcedores”, afirmou o FC Seoul em comunicado.

“Garantimos desde o início que essas bonecas não tinham nada a ver com brinquedos sexuais”, acrescentou o clube.

Mas vários delas, colocadas nas arquibancadas do estádio para a partida da liga sul-coreana a portas fechadas no domingo contra o Gwangju (que terminou com uma vitória por 1 a 0), usavam camisetas com o logotipo de uma fabricante de artigos sexuais.

E outras usavam máscaras de proteção exibindo publicidade da empresa e seus produtos.

As bonecas foram posicionadas de acordo com as regras de distanciamento que buscam limitar a propagação da COVID-19.

Segundo o clube, o fornecedor de bonecas as havia disponibilizado anteriormente a uma empresa de distribuição de brinquedos sexuais, o que explicaria a publicidade.

A K-League, campeonato sul-coreano da primeira divisão, foi retomada em 8 de maio, após mais de dois meses de interrupção devido à pandemia.

Para encher as arquibancadas ao jogar a portas fechadas, a maioria dos clubes optou por pôsteres, faixas ou efígies de papelão dos torcedores.