Esportes

Clube italiano é punido após caso de racismo com brasileiro

MILÃO, 06 MAR (ANSA) – O time do Como, que disputa a Série D do Campeonato Italiano, foi punido nesta quarta-feira (6) após a torcida do clube ter cantado músicas racistas para um jogador brasileiro.   

O episódio aconteceu na partida entre Como e Pontisola, em Bérgamo, pela 26ª rodada do grupo B da quarta divisão. Na metade da primeira etapa, alguns torcedores da equipe biancoblu cantaram músicas racistas para o atacante Adriano Ferreira Pinto, que é negro.   


Os insultos começaram após o brasileiro, que é ex-jogador da Atalanta, ter marcado de pênalti o gol de empate do Pontisola. O árbitro do jogo até ameaçou de suspender o confronto, mas toda vez que o atleta pegava na bola, “um pequeno grupo” de torcedores insultava o experiente atacante.   

Como punição, o atual líder da chave B da Série D deverá pagar uma multa de 1,8 mil euros, além de ter que jogar o próximo jogo em casa de portões fechados.   

Na próxima rodada, o clube do Como enfrentará o Seregno, em casa, no dia 17. O Pontisola, por sua vez, visitará no mesmo dia o Ciserano.(ANSA)