Geral

Clientes reclamam de agência de viagens indicada por influencers e que encerrou atividades

Crédito: Reprodução

A agência ainda conta com 60 mil seguidores nas redes sociais, mesmo após os golpes (Crédito: Reprodução)

Uma agência de viagens, chamada Na Mala Tur, virou alvo depois de contar com indicações de influencers nas redes sociais e decretar o fim das atividades no último mês, deixando diversos clientes com prejuízos de milhares de reais. As informações são do G1.

De acordo com a publicação, a Michelle Bernardes Assis Quintão, de 34 anos, foi uma das pessoas prejudicadas pela agência. Ela viajaria com a família para Orlando, nos Estados Unidos, e afirma que nenhum representante a procurou para dar explicações.


Michelle ainda diz que o prejuízo foi de R$ 10,5 mil e que chegou a desconfiar quando a empresa declarou obrigatoriedade do pagamento via PIX ou transferência bancária.

“Compramos ao todo sete passagens, havia muita expectativa. Dias depois soube por um amigo que eles haviam postado nas redes sociais falando que não estavam funcionando mais. Não entraram em contato com nenhum cliente”, declarou.

A agência de viagens era popular nas redes sociais, com dezenas de milhares de seguidores. As vítimas do golpe, que chegam a mais de 250 pessoas em todo o Brasil, pontuam que ex-BBBs, pastores e blogueiras costumavam indicar a empresa.

Procurada pela TV Globo, a Na Mala Tur se pronunciou através do advogado Leonardo Camargo nesta quarta-feira (25). Ele garantiu que a empresa é idônea e vai cumprir integralmente o que foi ajustado com os clientes e que todos vão receber o dinheiro de volta. Moana Sampaio, dona da agência, porém, não respondeu o contato.