Esportes

Claudiney Batista é bicampeão paralímpico no lançamento de disco

Atleta brasileiro conquistou mais uma medalha de ouro com direito a quebra de recorde

Claudiney Batista é bicampeão paralímpico no lançamento de disco

Campeão na Rio 2016, Claudiney Batista confirmou favoritismo e conquistou mais uma medalha de ouro no lançamento de disco F56 nas Paralímpiadas de Tóquio. Neste domingo, o brasileiro bateu o próprio recorde paralímpico, com 45,59m para assegurar o lugar mais alto do pódio.

+ Mulheres mostram domínio na Paralímpiada e Brasil sobe no quadro de medalhas


+ Brasileiras podem fazer pódio triplo no atletismo; Yeltsin Jacques busca mais uma medalha

+ Corinthians pode ficar com 4 jogadores que estiveram na última Copa

Claudiney, que também foi medalha de prata em Londres 2012, também é dono do recorde mundial, com 46,68m. Na prova do ouro, o brasileiro fez o primeiro lançamento para 44,57m e melhorou a marca na quarta tentativa, com 44,92. Na quinta, elevou o número para 45,25m.

Contudo, Claudiney guardou o melhor para o final e lançou o sexto e último disco para 45,59m. Yogesh Kathuniua, da India, ficou com a medalha de prata (44,38m) e Leonardo Diaz Aldana, conquistou o bronze (43m36m). O brasileiro foi o sétimo a entrar em ação na prova deste domingo.