Cultura

Cissa Guimarães faz homenagem a filho morto há oito anos

A atriz e apresentadora Cissa Guimarães fez um post no Instagram nessa sexta-feira, 20, para homenagear o filho Rafael Mascarenhas, que morreu há oito anos após ser atropelado por Rafael Bussanra dentro do Túnel Acústico, na zona sul do Rio de Janeiro. Mascarenhas andava de skate quando foi atingido pelo carro de Bussanra, que estava em alta velocidade.

“Hoje, há oito anos atrás, mataram meu filho Rafael. Não! Não mataram. Não mataram meu filho nunca, porque ninguém nunca conseguirá matar um filho meu. Rafael hoje celebra 8 anos de sua passagem para uma Luz muito maior, uma Luz infinita. 8 representa infinito, eternidade e potencial divino. Recriação. Hoje celebramos 8 anos de eternidade de sua Sagrada Missão”, escreveu a apresentadora.

“2018, 8 anos, não me importa se o 8 está deitado ou em pé, nós estamos sempre firmes na eternidade do amor maior, deitados no amor maior que nos conduz à paz. Obrigada, meu filho Rafael. Eternamente amor e gratidão pelo aprendizado e pela evolução. Salve Rafael, nosso Rafael, imenso demais para ser só meu”, finalizou Cissa.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Júpiter e Saturno vão se alinhar pela primeira vez desde a Idade Média
+ Black Friday: veja as dicas para não ser enganado
+ Juliana Caetano faz desabafo em vídeo “Isso me deixa muito mal, muito triste…”
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel