Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

O pré-candidato a presidente da República Ciro Gomes (PDT) comentou nesta quarta-feira, 29, durante participação em evento promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com presidenciáveis, a possível troca do comando da Caixa Econômica Federal. “Uma autoridade pública que usa do seu poder para constranger sexualmente mulheres é um bandido. Tinha que ser demitido e responder pela cadeia”, disse.

Investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) por suposto crime de assédio sexual contra funcionárias da instituição, Pedro Guimarães pode deixar a presidência da empresa ainda nesta quarta-feira.

Ciro Gomes participa de evento da CNI, em Brasília, no qual também fala nas próximas horas o presidente Jair Bolsonaro (PL). A senadora e pré-candidata à Presidência Simone Tebet (MDB-MS) também participa do evento.