Esportes

Cidade italiana onde Bryant morou batizará praça com seu nome

REGGIO EMILIA, 27 JAN (ANSA) – A prefeitura de Reggio Emilia, no norte da Itália, anunciou nesta segunda-feira (27) que uma pequena praça da cidade onde o ex-jogador de basquete Kobe Bryant passou parte de sua infância será batizada com o nome do astro da NBA. “Reggio Emilia nomeará a nova praça cm vista para a via Guasco como Kobe Bryant. Kobe era um de nós. Aqui, e nos campos da cidade, improvisava desafios com atletas mais velhos que ele, com colegas de escola”, escreveu prefeito do município, Luca Vecchi, em sua conta no Facebook. “Seu sorriso, seu amor pelo basquete entraram dentro de nós e um pouco de Reggio Emilia entrou nele para sempre, como nos disse há alguns anos voltando à nossa cidade, que ele chamou de ‘casa’. Descanse em paz Kobe, Reggio Emilia não vai esquecer você”, completou. Bryant e outras oito pessoas, incluindo sua filha Gianna, de 13 anos, estavam em um helicóptero que caiu ontem (26) na cidade de Calabasas, na Califórnia. A aeronave atingiu o solo a 185 km/h e ninguém sobreviveu ao acidente. Considerado uma das maiores lendas do basquete mundial, o ex-atleta passou mais de sete anos de sua vida morando na Itália, inclusive em Reggio Emilia, depois que seu pai se mudou para o país europeu para jogar basquete profissional, em 1984. No território italiano, Bryant, que tinha apenas 6 anos, começou a praticar o esporte, aprendeu a falar italiano e foi onde seu sonho teve início, segundo relatou durante uma entrevista em 2016.   

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Na ocasião, o astro afirmou que sua experiência no exterior viria a moldar sua educação dentro e fora da quadra de maneiras que o diferenciasse de seus oponentes.   

Ao longo de sua carreira, o ex-jogador de 41 anos de idade conquistou cinco títulos da NBA, 18 All-Star Games, um prêmio de MVP e dois ouros olímpicos. Além disso, ele foi duas vezes cestinha da temporada e é o quarto maior cestinha da liga norte-americana de basquete. Futebol – Durante o tempo que morou na Itália, o ex-craque do Lakers também criou um vínculo muito forte com o Milan.   

O clube rossonero, inclusive, lamentou a morte do seu ilustre torcedor e anunciou que os jogadores usarão uma faixa preta em homenagem a Bryant na partida contra o Turim nesta terça-feira (28), pelas quartas de final da Copa da Itália. Segundo o Milan, também será respeitado um minuto de silêncio no estádio San Siro. (ANSA)

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea