Cultura

Cidade espanhola tem novo caso de escultura desfigurada por restauração popular

Cidade espanhola tem novo caso de escultura desfigurada por restauração popular

A estátua de São Jorge restaurada por populares (D) e depois por profissionais - NAVARRA GOVERNMENT/AFP

As autoridades da região espanhola de Navarra conseguiram restaurar uma escultura de São Jorge do século XVI, desfigurada por moradores que tentaram “restaurá-la”.

A peça representa o santo católico combatendo um dragão e, no ano passado, foi restaurada por moradores do povoado navarro de Estella cheios de boa vontade, mas sem muita aptidão artesanal.

Eles usaram gesso e acrílico na estátua e o rosto do santo acabou parecendo mais uma figura de revista em quadrinhos. E o cavalo foi pintado de azul.

A “restauração” acabou custando 6.010 euros de multas à paróquia.

Três meses de trabalhou em uma oficina oficial de Pamplona resgataram a dignidade do santo, a um custo de mais de 30.000 euros. A estátua, no entanto, sofreu danos permanentes.

O caso recorda muito o ocorrido com “Ecce Homo”, um afresco do povoado de Borja, que em 2012 foi restaurado por uma senhora de 80 anos que transformou o rosto de Cristo em um macaco.