Mundo

Cidade do Equador construirá dois cemitérios para vítimas da Covid-19

Crédito: AFP

Funcionários com trajes especiais carregam o caixão de uma pessoa, supostamente morta por COVID-19, em um cemitério de Guayaquil, Equador, 1º de abril de 2020 (Crédito: AFP)

Dois novos cemitérios serão construídos em Guayaquil, no Equador, para enterrar as vítimas da Covid-19 na cidade. De acordo com a prefeita Cynthia Viteri, somados os dois locais terão 12 hectares e cerca de 12 mil sepulturas. As informações são das agências EFE e AFP.

“Ambos serão gratuitos e serão em homenagem àqueles que morreram durante esta tragédia para que todos os seus entes queridos possam homenageá-los”, afirmou a prefeita em um vídeo divulgado nas redes sociais.

No sábado (4), o vice-presidente do Equador, Otto Sonnenholzner, pediu desculpas pelas imagens de mortos pelas ruas e residências da cidade de Guayaquil (sudoeste), a mais atingida pela pandemia do novo coronavírus no país.

LEIA TAMBÉM: Em colapso, Equador usa caixões de papelão para mortos por coronavírus

No meio da semana, militares e policiais retiraram 150 corpos que jaziam em casas de Guayaquil, depois do caos que varreu a cidade pela pandemia de coronavírus e dificultou o transporte dos cadáveres por diferentes motivos.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Por meio de seu perfil oficial no Twitter, o presidente equatoriano, Lenín Moreno, indicou que “a partir de hoje, parentes do falecido poderão conferir no site ‘Coronavírus Ecuador’ em que cemitério estão os restos mortais”.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel