Geral

Ciclista flagra peixes nadando no Rio Pinheiros, em São Paulo; assista

Crédito: Reprodução

Um ciclista que pedalava em uma ciclovia próxima à Ponte Cidade Jardim, em São Paulo, flagrou diversos peixes nadando no Rio Pinheiros e divulgou as imagens nas redes sociais. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), compartilhou o vídeo em seu perfil do Twitter.

“Peixes no Rio Pinheiros? Sim! Veja as imagens na ponte Cidade Jardim. Estamos recuperando a vida no Rio Pinheiros. Até dezembro de 2022, vamos entregá-lo despoluído aos cidadãos de São Paulo”, escreveu Doria na publicação.

As obras para a despoluição do Rio Pinheiros é uma promessa do governador João Doria. O ano de 2020 terminou atingindo a marca de terem sidos feitas ligações de esgoto em 120 mil imóveis na cidade de São Paulo. Embora a meta seja coletar os dejetos de 533 mil localidades, técnicos do governo acreditam que, até o fim de 2022, o mandatário possa anunciar o cumprimento da proposta.

Com o rio sem cheiro nem água turva, o governo planeja reocupar suas margens, trazendo a população para perto do Pinheiros.


+ Casal posta fotos nus em pontos turísticos e ganha fama na web
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS