Esportes

Ciclista abandona Giro da Itália após se ferir com rolha de espumante no pódio

Crédito: Reprodução

Um momento inusitado aconteceu durante a premiação do Giro da Itália, nesta terça-feira. Biniam Girmay, que se tornou o primeiro africano negro a vencer uma etapa da tradicional competição de ciclismo, sofreu um pequeno acidente em cima do pódio. O atleta da Eritreia teve seu olho ferido por uma rolha de espumante na comemoração e teve que abandonar a próxima etapa da competição, que acontece nesta quarta-feira.

Sua equipe, a Intermarché Wanty, confirmou que o ferimento no olho fez com que Girmay não participasse da próxima prova do Giro da Itália. Após o acidente, o atleta teve de ser atendido hospital na cidade italiana de Jesi, na província de Ancona. Segundo os médicos, participar da etapa poderia aumentar o risco de hemorragia no olho do ciclista.


“Sua lesão está evoluindo na direção certa e será acompanhada por uma equipe médica nos próximos dias. Para minimizar o risco de expansão da hemorragia e da pressão intraocular, é recomendado evitar a atividade física”, afirmou Piet Daneels, médico que avaliou a condição de Girmay.

Ainda feliz pelo resultado histórico no Giro da Itália, o ciclista lamentou o ocorrido no pódio. “Quando voltei do hospital, todos estavam felizes, mas também um pouco preocupados. Infelizmente não estarei na largada desta quarta-feira. Não posso continuar o Giro, porque meu olho precisa descansar. Estou ansioso pelo resto da temporada”, afirmou Girmay, que também agradeceu os fãs e companheiros pelo apoio.

O eritreu, que ocupa a 31ª posição do ranking, é o único africano a figurar no Top 100 mundial. Nas dez etapas do Giro da Itália, conseguiu seis top 5, além da vitória na última terça-feira. No circuito de 193 km entre Pescara-Jesi, Girmay superou Mathieu van der Poel, holandês e um dos favoritos, para vencer a prova.