Esportes

Ciclismo: Começa a Volta da Espanha e o campeão de 2019 larga na frente

Esloveno Primoz Roglic, vencedor da edição passada da prova ibérica e vice-campeão do Tour de France de 2020, leva a melhor no sprint final, Froome retorna. Mas fica lá atrás

Ciclismo: Começa a Volta da Espanha e o campeão de 2019 larga na frente

A pandemia colocou o calendário esportivo de 2020 de cabeça para baixo. No ciclismo, não foi diferente. O isolamento social fez as provas deste ano atropelarem umas às outras. O exemplo maior disso é que está ocorrendo nesta semana. Em plena reta final do Giro da Itália, que terminará no domingo, foi dada, nesta terça-feira, a largada da Volta da Espanha – ao lado do Giro e do Tour de France formam o trio das grandes provas do ciclismo. E nesta abertura, entre Irun e Eibar, 173km de montanha, a vitória foi do campeão da edição de 2019 da Vuelta, o esloveno Primoz Roglic, da Jumbo Visma.

Roglic, que liderou o Tour de France até a última etapa, quando perdeu o título para seu compatriota Tadej Pogacar (Emirates), vinha de vitória na Liege Bastone-Liege (uma da cinco principais provas de um dia no ciclismo) há duas semanas. E nesta terça-feira, mostrou que é o favorito ao bi. Depois de anular a fuga que liderou boa parte da prova, Roglic puxou um pelotão de cinco ciclistas, realizou sprint nos metros finais e chegou um segundo à frente do equatoriano Richard Carapaz (Ineos e campeão do Giro da Itália em 2019). Daniel Martin chegou em terceiro com o mesmo tempo de Carapaz. Grande ídolo espanhol, Alejando Valverde (Movistar) chegou na posição 11, com o mesmo tempo de Tom Dumoulin, holandês que é parceiro de Roglic na Jumbo.

A etapa marcou o retorno do mito Chris Froome as grande provas. O britânico da Ineos sofreu acidente gravíssimo pouco antes do Tour de France de 2019 (na prova Criterium Du Dauphine), quebrando clavícula, costelas, quadril e fêmur direito. Após um ano se recuperando, o tetracampeão na França, campeão do Giro e da Vuelta e medalhista olímpico terminou num modesto 72° lugar, 11m12s atrás de Roglic. Outro grande ciclistas que decepcionou foi o francês Thibau Pinot (da Groupama FDJ , em 63°).

A segunda etapa da Vuelta será disputada hoje entre Pamplona a Lekunberri, de 151km, também de montanha.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel