Esportes

Cícero prevê Botafogo com mais posse de bola sob o comando de Valentim

Alberto Valentim comandou nesta terça-feira o seu segundo treino desde que voltou ao cargo de treinador do Botafogo. Pouca coisa, mas suficiente para que os jogadores pudessem perceber como a equipe vai jogar sob a nova administração. Valentim, que estava no Avaí, fará sua reestreia no clássico contra o Vasco, nesta quarta, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

Um dos jogadores mais experientes do elenco, o meia Cícero disse ter gostado das primeiras atividades dirigidas pelo treinador, com quem jamais havia trabalhado. Segundo ele, a equipe vai tentar ter a bola sob seu controle na maior parte do tempo.

“Pelo pouco tempo de trabalho, ele tem mesmo de tentar ajustar alguma coisa ou outra mais na base da conversa, mas já deu para perceber que ele tem um filosofia de trabalho em que gosta de ficar com a bola”, contou Cícero. “Mas isso tentando adaptar ao que estávamos com dificuldades para executar, como atacar mais o adversário.”

Tendo vencido apenas um jogo nas últimas seis rodadas, o Botafogo precisa bastante de um triunfo no clássico, pois a zona de rebaixamento pode ficar próxima em caso de nova derrota. Para Cícero, a vitória virá se o time prestar atenção aos detalhes.

“Clássico é decidido em detalhes. É sempre um jogo difícil, com 50% de chances para cada lado. O time que errar menos vai sair sorrindo. Fizemos vários jogos equilibrados, até contra equipes que estão à nossa frente na tabela, e deixamos alguns pontos escapar nos detalhes.”

No último treino antes do jogo de São Januário, Valentim não contou com Gatito Fernández, Carli e Alex Santana, todos com problemas físicos. O goleiro deve participar do jogo, mas os outros dois dificilmente estarão no clássico. A volta do lateral-direito Marcinho, que estava com a Seleção Brasileira, foi a boa notícia do dia para o treinador.