Tecnologia & Meio ambiente

Chuvas torrenciais deixam 27 mortos em El Salvador

Chuvas torrenciais deixam 27 mortos em El Salvador

Comércio em Sunzal Beach, afetado pela tempestade tropical Amanda em La Libertad, El Salvador, em 1º de junho de 2020. - AFP

O número de mortes causadas por fortes chuvas em El Salvador aumentou de 20 para 27 nesta quinta-feira (4), segundo dados oficiais.

O país foi gravemente atingido pela tempestade tropical Amanda e pela tempestade Cristóbal esta semana, informou um relatório divulgado pelo governo salvadorenho.

Três pessoas estão desaparecidas, enquanto 11.179 permanecem em 210 abrigos em todo o país.

O ministro do Meio Ambiente, Fernando López, informou que, segundo as previsões meteorológicas, as chuvas devem continuar até o fim de semana.

O governo pediu nesta quinta aos 262 prefeitos do país que “procedam à evacuação preventiva” de moradores de áreas de alto risco para evitar novas mortes.

Ainda segundo o Ministério do Meio Ambiente (MARN), as fortes chuvas registradas desde a terça-feira são resultado do fenômeno climático Cristóbal, que atravessa o sul do México.

Dias antes, a tempestade Amanda cruzou o Pacífico centro-americano causando inundações, deslizamentos de terra e arruinando construções.

Dados oficiais indicam que as chuvas causaram a perda parcial ou total de mais de 3.000 hectares de culturas como milho, feijão e arroz e plantações de banana.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Esqueça o 7 a 1: idade do seu cão pode ser muito maior do que você imagina
+ Receitas fáceis com abóbora: saiba como preparar cada tipo
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior