Esportes

China registra alta nos casos de Covid-19 em atletas e autoridades há seis dias da Olimpíada

Crédito: Reprodução Twitter

Apesar de anunciar ao mundo um protocolo rigoroso para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, a China anunciou que o número de casos de Covid-19 saltou para 19 entre atletas e autoridades, isso há seis dias da abertura do evento.

Ao todo, já são 36 funcionários relacionados ao Jogos já foram infectados, incluindo atletas e oficiais. Desse total, 29 testaram ao desembarcar no aeroporto de Pequim e outro sete na chamada bolha, que foi criada para que as delegações não tivessem contato com o público.


Twitter Pequim 2022

“Estamos apenas passando pelo período de pico de pessoas chegando à China e, portanto, esperamos ver os números mais altos nesta fase”, disse o chefe médico dos Jogos, Brian McCloskey, em entrevista coletiva.

Apesar do número crescente de casos, a organização dos Jogos disse confiar no sistema montado contra a Covid-19. Mesmo com os cuidados, os atletas podem perder os Jogos, caso testem positivo, assim como ocorreu nos Jogos de Tóquio no último ano, na Olimpíada de verão.

Com fronteiras fechadas e um método rigoroso quanto aos casos de Covid-19, a China espera receber os Jogos de Inverno sem maiores problemas entre os dias 4 e 20 de fevereiro.





Tópicos

Pequim-2022