Esportes

China minimiza ameaça de boicote dos EUA a Jogos de Inverno


BEIJING, 7 ABR (ANSA) – O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, afirmou nesta quarta-feira (7) que a comunidade internacional “não vai aceitar” um possível boicote dos Estados Unidos aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, que acontecerá em Pequim.   

A declaração de Lijian é uma resposta aos norte-americanos, que revelaram estar estudando boicotar o evento esportivo por conta das supostas violações dos direitos humanos da minoria uigur em Xinjiang.   

Lijian comentou que os chineses estão trabalhando para organizar uma Olimpíada “extraordinária e excepcional”. Além disso, o porta-voz argumentou que a “politização do esporte é contrária ao espírito olímpico”.   

“A comunidade internacional não vai aceitar. Estamos confiantes em trabalhar para fazer dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 um evento extraordinário e excepcional. A politização do esporte é contrária ao espírito olímpico e prejudica os interesses de atletas de todos os países e da causa olímpica internacional”, afirmou Lijian em uma coletiva de imprensa.   

O porta-voz chinês disse que o chamado “genocídio” em Xinjiang “é uma verdadeira mentira do século”.   


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



“Se os Estados Unidos insistirem em fechar os olhos para a verdade e deliberadamente atacar a China com mentiras, não apenas a credibilidade e os interesses dos próprios norte-americanos serão prejudicados, mas também encontrarão firme oposição de todo o povo chinês”, comentou Lijian.   

A presidente do Comitê Olímpico e Paralímpico dos Estados Unidos (USOPC), Susanne Lyons, já reiterou sua oposição ao possível boicote aos Jogos de Inverno.   

“Seria uma decisão que afetaria os atletas sem realmente resolver nenhum problema global”, disse Lyons em uma coletiva.   

Já um porta-voz do governo alemão informou que o país está conversando com os norte-americanos sobre o tema.   

Os Jogos de Pequim estão programados para os dias 4 a 20 de fevereiro de 2022. (ANSA).   

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS