Economia

China informa que frigorífico do Panamá suspendeu exportação de modo voluntário

A Administração Geral de Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês) informou nesta sexta-feira, 14, que uma unidade de processamento de carne do Panamá suspendeu voluntariamente a exportação de seus produtos bovinos para a China no dia 3 agosto.

A opção de veto voluntário à comercialização para o gigante asiático ocorre em meio à uma série de suspensões da China à importação de carne de frigoríficos de vários países. O motivo alegado extraoficialmente pelo governo chinês para essas suspensões seria a necessidade de aumentar o controle sanitário por causa da covid-19.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel