Mundo

China criará “órgão de segurança nacional” em Hong Kong

China criará “órgão de segurança nacional” em Hong Kong

Voluntário (C) distribui panfletos em Hong Kong, onde representantes do movimento pró-democracia organizam votação para perguntar se a população apoia uma greve geral contra o projeto da lei da China - AFP

A China criará um “órgão de segurança nacional” em Hong Kong, de acordo com o texto de um polêmico projeto de lei preparado pelo Parlamento chinês e divulgado neste sábado pela agência estatal Xinhua.

O texto também prevê que a lei em preparação tenha precedência sobre as leis da ex-colônia britânica, que entrariam em conflito com esta, de acordo com o projeto que o regime comunista planeja impor, apesar dos apelos dos países ocidentais que afirmam temer o fim da autonomia do território.

Após as gigantescas manifestações do ano passado contra a influência de Pequim, o regime do presidente Xi Jinping anunciou no mês passado uma lei de segurança nacional em Hong Kong. A oposição democrática da ex-colônia considera a lei uma ferramenta para reduzir o movimento ao silêncio.

O princípio da lei foi aprovado no fim de maio na sessão plenária anual da Assembleia Nacional Popular (ANP, Parlamento chinês), que solicitou a seu Comitê Permanente a redação de um projeto de lei. E este foi o texto divulgado neste sábado pela Xinhua.

O documento estipula que o chefe do Executivo de Hong Kong criará um órgão de segurança nacional. A atual titular do posto, Carrie Lam, é acusada pelos adversários de ser uma marionete de Pequim.

Nenhuma data foi citada para a adoção do texto, mas a Xinhua destacou que o projeto será finalizado “em breve”.

Em um comunicado, as potências do G7 pediram a Pequim na semana passada que recue no projeto, o que foi rejeitado pelo governo da China.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ O processo de formação como obra

+ Arte e algoritmo: Uma genealogia

+ Radicalmente vivo