Esportes

Chile vai esconder símbolo da Nike em partida contra a Bolívia na Copa América


A seleção do Chile terá mudanças no seu uniforme para a partida contra a Bolívia, nesta sexta-feira, pela Copa América. Mas não se trata da estreia de uma nova camisa. A equipe vai entrar em campo com o símbolo da Nike escondido de seu uniforme.

A decisão por não exibir o logotipo da marca se deve ao fato da federação chilena, a Associação de Futebol Profissional (ANFP, na sigla em espanhol), ter entrado em litígio com a gigante americana de material esportivo.

A entidade alega o não pagamento de valores que chegam a US$ 4,2 milhões (cerca de R$ 21 milhões na cotação atual), referentes à temporada 2019-2020.

A Nike entrou com uma ação para rescindir o contrato entre as partes, alegando o não cumprimento de itens previstos no acordo. O caso será levado para o Tribunal Arbitral da Câmara de Comércio Internacional.

O Chile enfrenta a Bolívia, pela segunda rodada do Grupo A, nesta sexta-feira, às 18 horas (de Brasília), na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago