Mundo

Chile ultrapassa 10.000 mortos por coronavírus ao somar casos “prováveis”

Chile ultrapassa 10.000 mortos por coronavírus ao somar casos “prováveis”

Enfermeira assiste paciente com COVID-19 no Hospital Barros Luco, em Santiago, em 24 de junho de 2020. - AFP

As mortes por coronavírus no Chile atingiram 10.159 na contagem que considera 3.102 mortes “prováveis” da pandemia, seguindo os critérios recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), apontou o relatório do Ministério da Saúde divulgado neste domingo.

As informações, compiladas pelo Departamento de Estatística e Informação em Saúde (DEIS), são entregues uma vez por semana, e os especialistas consideram a abordagem mais precisa aos parâmetros da OMS para relatar mortes por coronavírus por teste ou por sintomas.

O relatório indica que houve 7.057 mortes confirmadas com um teste de PCR (swab) e 3.102 correspondem a mortes “prováveis”.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?