Geral

Chefe do PPC é preso após quebrar tornozeleira eletrônica e fugir

Crédito: Divulgação/PMPR

Valacir de Alencar, apontado como chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC) do Paraná, foi preso na última segunda-feira (12), em Curitiba, no Paraná. Ele estava foragido há quase um ano depois de quebrar uma tornozeleira eletrônica.

O criminoso, que sofre de hipertensão, foi beneficiado com a prisão domiciliar em 17 de abril por pertencer a um grupo de risco da Covid-19. Contudo, no mesmo dia em que deixou a Penitenciária Estadual de Piraquara, o Departamento Penitenciário do Paraná detectou a quebra da tornozeleira e ele passou a ser considerado fugitivo.

Alencar foi localizado em um restaurante de luxo pelos policiais militares do Setor de Inteligência e do 12º Batalhão do Paraná. De acordo com o UOL, ele foi condenado a 76 de reclusão por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e porte de arma.

Conforme relatado pela Polícia Militar, Valacir portava uma pistola de calibre 9mm, 37 munições, um carregador, um colete balístico, um documento falso e uma peruca para ajudar no disfarce.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS