Esportes

Chapecoense faz homenagens às vítimas de acidente aéreo, que completa 4 anos

29 de novembro. É uma data que sempre ficará guardada. Quatro anos se passaram do acidente aéreo ocorrido em Medellín, na Colômbia, com o avião que levava jogadores, comissão técnica e direção da Chapecoense, além de jornalistas, para a primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana de 2016, entre Atlético Nacional e Chapecoense. Naquela madrugada, 71 pessoas morreram. Apenas seis sobreviveram.

No sábado, na partida contra o Guarani, a equipe de Chapecó entrou em campo vestindo uniforme branco – com o objetivo de transmitir a ideia de paz – e com uma faixa em homenagem às famílias das vítimas, com dizeres sobre justiça e solidariedade. “Nunca esqueceremos. Quatro anos de saudades, todos juntos na busca por reparações e justiça! Solidariedade aos familiares das vítimas do acidente aéreo”, dizia a faixa.

A equipe também preparou, nas redes sociais, uma série de homenagens para este domingo, entre vídeos e mensagens especiais. Em um vídeo, o ex-goleiro Jakson Follmann, o ex-zagueiro Neto e o lateral Alan Ruschel (sobreviventes da tragédia) também prestam suas homenagens às vítimas do acidente.

Na região central das arquibancadas que ficam atrás do banco de reservas da Arena Condá, foi pintada uma estrela verde, que acompanhou uma mensagem nas redes sociais: “Eternizamos os nossos guerreiros no palco das suas maiores conquistas”.

Jakson Follmann também usou suas mídias sociais para expressar seus sentimentos nesta data. O ex-goleiro ressaltou que segue se reconstruindo, apesar das dores emocionais e físicas: “Amigos que se foram permanecem vivos em minha memória.”


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel