Esportes

Chamusca explica escalação do Botafogo e destaca: ‘A responsabilidade é de de todos’

Marcelo Chamusca falou sobre as escolhas por Rafael Carioca e Luiz Otávio no time titular

Chamusca explica escalação do Botafogo e destaca: ‘A responsabilidade é de de todos’

Na noite desta quarta-feira, o ABC, nos pênaltis, eliminou o Botafogo da Copa do Brasil, no estádio Frasqueirão, após empate no tempo regulamentar por 1 a 1. Em entrevista coletiva, o técnico Marcelo Chamusca falou sobre a escalação da equipe que entrou em campo. Inicialmente, ele justificou a titularidade de Rafael Carioca e sua substituição, que ocorreu no segundo tempo.

> Conselho Deliberativo do Botafogo aprova orçamento para 2021

– A opção pelo Rafael Carioca foi para a gente pode manter. Achei que a equipe, no jogo contra o Volta Redonda teve uma postura boa, construiu algumas oportunidades e teve algumas ações ofensivas interessantes e a gente manteve. A partir do momento que, durante o jogo, a gente entende que o Rafael tinha caído, inclusive no aspecto físico, a gente precisava atacar um pouco mais e tinha um espaço interessante ali, nós colocamos o PV, que é muito bom jogador.

– As escolhas são definidas com uma série de aspectos. Em um momento a gente pode entender que o PV para aquela situação de jogo é um jogador mais interessante, a gente vai escalar. Assumo toda a responsabilidade da escalação até porque eu sou o treinador.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



Em relação a Luiz Otávio, Chamusca destacou que o jogador deu um equilíbrio maior no aspecto defensivo. O treinador ainda disse que não se pode responsabilizar tudo nas costas do volante e que o erro faz parte do jogo.

– No jogo de sábado, deu um equilíbrio maior no aspecto defensivo, já que a gente sofreu muito nos dois últimos jogos tanto contra a Portuguesa, quanto no jogo contra o Madureira. Quando eu cheguei, no início, ele ficou parado uns dez/12 dias parado por problema médico, mas o jogador já vinha apto a treinar. Entendi que seria interessante a gente voltar com o Luiz Otávio.

– De maneira nenhuma a gente pode responsabilizar e jogar tudo nas costas do atleta. Porque em uma jogada decisiva, ele perdeu a bola na entrada da área, na dividida, e o ABC acabou fazendo o gol. O erro faz parte dos jogos e a gente está aqui para analisar e tentar minimizar o máximo possível.

Com a eliminação, o Botafogo desperdiçou a oportunidade de arrecadar R$ 1,7 milhão, o que seria importante para o momento de crise financeira que passa o clube. Agora, o Glorioso volta a campo contra o Fluminense, no Maracanã, às 16h, em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Carioca. O Alvinegro, precisa obrigatoriamente da vitória para ter chances matemáticas de chegar até a fase semifinal.

– Agora, acho extremamente injusto, a gente num momento como esse, a gente começar a individualizar e ficar jogando a responsabilidade. A responsabilidade é de todos os jogadores, da comissão técnica e eu como assumo minha parte de responsabilidade também – finalizou.

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS