Saúde da mulher

Chá verde ou chá preto? Conheça seus benefícios e diferenças

Crédito: Unsplash

Se você é amante dos chás, ou se apenas está tentando reduzir seu consumo de café, com certeza já experimentou chá verde e chá preto — e notou que eles podem ser bem diferentes. Mas o que, exatamente, os difere (além da cor)?

+ 12 bebidas que estimulam o cérebro

+ A verdade sobre os chás ‘emagrecedores’

Cada chá possui diferentes propósitos nutricionais, como explica a nutricionista Marissa Meshulam à “Women’s Health”, de onde são as informações. Por isso, apesar de o chá verde e o chá preto serem originários da mesma planta, a camellia sinensis, ambos possuem diferenças que vão além do sabor. 

A nutricionista Erica Zellner relata que a principal diferença entre o chá preto e o chá verde é a forma como as folhas são processadas após a colheita. Dito isso, os chás também têm suas semelhanças: ambos são fontes de cafeína e antioxidantes, por exemplo. A seguir, confira as diferenças entre os chás e saiba qual é o melhor para sua saúde.

Principais diferenças entre o chá verde e o chá preto

São processados utilizando diferentes métodos

As folhas de chá preto são oxidadas após serem colhidas, o que significa que elas são expostas ao ar para secar. Essa etapa confere ao chá preto um sabor mais “terroso” e encorpado. Já as folhas de chá verde são aquecidas imediatamente após serem colhidas, para interromper a oxidação. Por isso, o chá verde pode ter um sabor mais leve e mais herbáceo.

Não são preparados da mesma forma

Além de serem processados ​​de maneira diferente, o chá verde e o chá preto também são preparados para beber de várias maneiras, como explica a nutricionista Keri Gans. Muitas pessoas, especialmente no exterior, costumam preparar o chá preto com um pouco de leite ou mel. O chá verde, no entanto, geralmente é consumido sem adições, apenas uma gota de mel ou uma rodela de limão. 

Além disso, algumas bebidas comumente comercializadas em cafeterias, como matcha e chai latte, são feitas de chá verde e preto, com misturas de leite e especiarias. 

Ambos têm níveis diferentes de cafeína

O teor de cafeína é algo importante para muitos adeptos aos chás. Por isso, Erica ressalta que o chá preto contém mais da substância do que o chá verde em geral: especificamente, o chá preto contém cerca de 47 miligramas de cafeína por xícara, enquanto o chá verde contém cerca de 28 miligramas por xícara. 

Benefícios dos chás verde e preto

Contêm poderosos antioxidantes

“Tanto o chá verde quanto o chá preto contêm propriedades antioxidantes que podem promover a saúde do coração”, diz Marissa. “O chá verde é especificamente rico em EGCG — uma substância antioxidante natural — e o chá preto é rico em teflavinas.”

Acredita-se que o EGCG tenha efeitos benéficos no controle do açúcar no sangue e na saúde cognitiva, acrescenta a especialista. Já as teaflavinas apoiam a saúde cardiovascular e metabólica.

Sua cafeína estimula a função cognitiva

Marissa conta, ainda, que os chás podem estimular suas habilidades mentais, e é por isso que você pode consumi-los quando está trabalhando ou precisa de um impulso de foco ou energia.

Além disso, ambos os chás contêm o aminoácido L-teanina, que funciona de maneira diferente da cafeína encontrada no café. A L-teanina mantém você mais relaxada, e ao mesmo tempo alerta. Enquanto isso, a cafeína do café pode desencadear ansiedade ou estresse

Beber chá te mantém hidratada

Enquanto você toma uma xícara de chá, você também está bebendo água. Por isso, o chá também é ótimo para hidratação. Se você precisar de mais maneiras de aumentar sua ingestão de água durante o dia, considere adicionar chá preto ou verde à sua lista de bebidas.

Então, qual chá beber?

Se você é sensível à cafeína, Keri recomenda considerar o chá verde em vez do chá preto, pois contém uma quantidade menor de cafeína. No entanto, o chá preto e o verde são ótimas opções de bebida, e ambos podem contribuir para sua saúde quando você bebê-los com moderação.