Cultura

Cerimônia do prêmio Tony, o ‘Oscar do teatro’, é adiada devido ao coronavírus

O prêmio Tony, considerado o mais importante do teatro, não será mais realizado em 7 de junho, como previsto, e foi adiado indefinidamente devido à pandemia do novo coronavírus, segundo informações divulgadas pela organização em comunicado.

“A saúde e segurança da comunidade da Broadway, artistas e fãs é realmente importante para nós”, disseram os organizadores, acrescentando que a cerimônia, que seria realizada no famoso Radio City Music Hall, em Nova York, e transmitida na rede de televisão “CBS”, será agendada em data posterior.

“Anunciaremos novas datas e outras informações assim que a Broadway abrir novamente”, acrescenta a nota.

A 74ª edição do prêmio Tony é mais uma vítima da pandemia do coronavírus, o que forçou o adiamento ou cancelamento de uma longa lista de eventos culturais nos Estados Unidos e em todo o mundo.

O ritmo de atividades em grandes instituições culturais, como o Metropolitan Museum of New York (Met), caiu, e a Broadway, considerada a Meca do teatro americano, foi fechada temporariamente.

Em 12 de março, a Broadway League anunciou a suspensão imediata de todas as apresentações e, embora na ocasião tenha indicado que elas seriam retomadas após um mês, também disse que iria acompanhar de perto a situação da covid-19 e tomar as decisões necessárias.

O Tony não é o único prêmios de teatro que foi adiado. O mesmo aconteceu com o Olivier, que seria entregue no dia 5 de abril, no Reino Unido. O governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou nesta quinta-feira que o número de casos de coronavírus no Estado já passa de 30 mil. (Com agências internacionais).