Mundo

Centenas de corpos são achados em abrigo sob prédio na Ucrânia

ROMA, 24 MAI (ANSA) – Cerca de 200 corpos foram encontrados nos escombros de um abrigo sob um edifício destruído em Mariupol, na Ucrânia.   

Citado pela agência de notícias “Unian”, o assessor do prefeito da cidade ucraniana, Petro Andryushchenko, definiu a situação como um “cemitério de Mariupol”, acrescentando que os corpos permaneceram por um longo período no local devido ao avançado estado de decomposição.   


Além disso, Andryushchenko revelou que um grande número de cadáveres foi abarrotado pelas forças russas em um necrotério improvisado nas proximidades de uma estação de metrô, tanto que a imprensa ucraniana publicou fotos de alguns sacos com os corpos abandonados na rua do local.   

O assessor acrescentou que os moradores da região se recusaram a recolher os cadáveres e acusou o Ministério de Situações de Emergência da Rússia de simplesmente ter deixado os corpos no necrotério improvisado.   

“Para um enterro oficial gratuito, você precisa fazer fila, levar o corpo do falecido para um necrotério por conta própria, fingindo que o corpo acabou de ser encontrado. Ou, você pode precisa gravar um vídeo, em que o requerente dirá que o falecido foi morto pelo exército ucraniano. Devido a essas condições, muitos cadáveres são deixados em sacos na rua em necrotérios improvisados”, disse Andryushchenko. (ANSA).