Economia

Celulose Irani estuda fazer oferta pública de distribuição primária de ações

A Celulose Irani informou nesta segunda-feira, 20, que está estudando a possibilidade de realização de uma eventual oferta pública de distribuição primária de ações. A empresa contratou o Banco BTG Pactual, Credit Suisse e a XP Investimentos para coordenar a potencial oferta.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa ressalta que, até o momento, não definiu e nem aprovou a efetiva realização da potencial oferta, seus termos e condições, ou quaisquer outras possíveis operações para captação de recursos.

“Destaca-se que a efetiva realização da POTENCIAL Oferta, assim como qualquer operação deste tipo, está sujeita, entre outros fatores, à obtenção das aprovações necessárias, incluindo as respectivas aprovações societárias aplicáveis, às condições políticas e macroeconômica favoráveis, ao interesse de investidores, a procedimentos inerentes à realização de ofertas públicas na forma da regulamentação vigente, dentre outros fatores alheios à vontade da companhia”, afirma.

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea