Brasil

Celso de Mello fica de fora de julgamento de suspeição de Moro no caso de Lula

Crédito: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Crédito: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)


O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), não vai julgar a suspeição de Sergio Moro no julgamento do ex-presidente Lula na Lava-Jato.  O ministro anunciou que vai se aposentar no dia 13 de outubro. As informações são da colunista Bela Megale, do jornal O Globo.

O caso não foi incluído na pauta da Segunda Turma, da qual o decano faz parte. O voto do ministro era considerado o voto de desempate, já que os demais ministros já tinham posicionado seus votos.

Edson Fachin e Carmen Lúcia são contra a suspeição do ex-juiz, já Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes sinalizaram que devem votar de forma contrária. A defesa de Lula está otimista com a mudança, já que Celso de Mello já chegou a votar pela manutenção da prisão do ex-presidente.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago