Brasil

Celso de Mello fica de fora de julgamento de suspeição de Moro no caso de Lula

Crédito: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Crédito: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), não vai julgar a suspeição de Sergio Moro no julgamento do ex-presidente Lula na Lava-Jato.  O ministro anunciou que vai se aposentar no dia 13 de outubro. As informações são da colunista Bela Megale, do jornal O Globo.

O caso não foi incluído na pauta da Segunda Turma, da qual o decano faz parte. O voto do ministro era considerado o voto de desempate, já que os demais ministros já tinham posicionado seus votos.

Edson Fachin e Carmen Lúcia são contra a suspeição do ex-juiz, já Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes sinalizaram que devem votar de forma contrária. A defesa de Lula está otimista com a mudança, já que Celso de Mello já chegou a votar pela manutenção da prisão do ex-presidente.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel