Esportes

CBV decide antecipar parte da premiação aos jogadores de vôlei de praia

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) decidiu, em reunião do Conselho de Administração com a participação da Comissão Nacional de Atletas de Vôlei de Praia e de Vôlei de Quadra, membros efetivos do conselho, disponibilizar uma antecipação de parte das premiações das etapas de vôlei de praia que foram adiadas por conta da pandemia do novo coronavírus. O apoio será opcional aos 120 atletas (60 de cada gênero) mais bem colocados no ranking individual da temporada 2019/2020 do Circuito Brasileiro.

A antecipação dos valores é referente a duas etapas do Circuito Brasileiro que estavam programadas para acontecer em abril e maio no Rio de Janeiro e em Itapema (SC), respectivamente. Os atletas poderão efetuar a devolução do valor até o dia 30 de novembro de 2020, de forma parcelada, que deverá ser formalizada através de um instrumento jurídico entre as partes, atendendo as normas de governança e “compliance” da entidade.

Durante a reunião, foi informado à Comissão de Atletas que os eventos continuam previstos no calendário para serem realizados ainda este ano. Assim, os valores que seriam utilizados para as etapas não constituem um “saldo” no caixa, pois deverão ser devolvidos caso os torneios não aconteçam. O superintendente de vôlei de praia da CBV, José Virgílio Pires, comentou a decisão.

“A CBV foi procurada pela Comissão de Atletas com uma proposta para ajudarmos os jogadores do vôlei de praia. Neste momento, temos total sensibilidade em relação à situação destes atletas que têm, na maioria das vezes, seu rendimento financeiro ligado diretamente aos eventos, que no momento estão paralisados. Como forma de minimizar a situação de dificuldade, a CBV fez uma análise financeira e está antecipando um valor igual aos 120 atletas de acordo com o ranking da temporada, sendo 60 atletas em cada naipe”, informou o dirigente.

“Antecipando parte da premiação, pois nossos eventos não estão cancelados. Eles foram adiados e, quando as autoridades governamentais autorizarem, serão realizados. Entendemos que não é o ideal, mas é o máximo que a instituição pode fazer no momento e sabemos que irá minimizar e muito a situação de vários atletas”, completou Pires.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

A primeira parcela da antecipação, no valor de R$ 2 mil, será paga no dia 11 de maio e a segunda parcela, de mesmo valor, em 10 de junho. A proposta foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Administração. O atleta carioca Léo Gomes elogiou os esforços das partes para buscar uma alternativa no momento de crise.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel