ISTOÉ Gente

Caso Gabby Petito: Youtubers ajudaram a encontrar corpo

Caso Gabby Petito: Youtubers ajudaram a encontrar corpo

A polícia pode ter sido ajudado por ‘detetives virtuais’ para encontrar o corpo de Gabby Petito, influencer que está desaparecida desde agosto. No último final de semana, as autoridades foram levadas por dicas da internet a um corpo, que muito provavelmente é o da jovem.

O suposto cadáver de Petito foi encontrado no domingo na Floresta Nacional Bridger-Teton – depois que dois YouTubers analisaram um vídeo pessoal que fizeram ao mesmo local, e notaram uma van na filmagem que correspondia à descrição da que Gabby e o noivo Brian Laundrie viajavam e alertaram as autoridades.


“A maioria das agências não tem tantos detetives para pedir testemunhas, para pedir qualquer tipo de evidência”, disse o detetive aposentado da Polícia de Nova York, Michael Alcazar, ao Washington Post. “Agora temos tantos olhos lá fora, milhões de investigadores civis, porque agora eles estão à espreita. É como um Alerta mbar, mas mais eficaz”, concluiu.

Embora algumas das dicas possam ser descartadas por serem consideradas inúteis, outras podem ter fornecido informações importantes para os investigadores – e ainda podem fornecer pistas enquanto os detetives – os da polícia – tentam juntar as peças do caso. Este domingo, Jenn e Kyle Bethune postaram em seu canal no YouTube imagens do que poderia ser a van em que Petito viajava.

“Encontramos uma van branca com placa da Flórida”, disse Jenn Bethune. “Uma pequena van branca. Íamos parar e dizer oi porque também somos da Flórida, mas a van estava completamente às escuras. Não havia ninguém lá, então decidimos continuar nosso caminho”, revelou o casal. Os YouTubers disseram que viram a van estacionada ao lado por volta das 18h ou 18h30. “Em 27 de agosto e depois, viajamos de volta à estrada e o vi novamente. É meio estranho para uma noite de sábado”, disse Kyle Bethune.