Brasil

Caso Daniel: Delegado diz que Edison Brittes é “psicopata e doente”

Crédito: Reprodução/TV Globo

Edison Brittes (Crédito: Reprodução/TV Globo)

Em entrevista na última quarta-feira (21), o delegado Amadeu Trevisan declarou que Edison Brittes é um “psicopata e doente”. Ele é acusado de ter assassinado o jogador Daniel Corrêa em outubro, após uma festa em São José dos Pinhais, no Paraná. As informações são do UOL.

Durante uma entrevista coletiva no fórum criminal de São José dos Pinhais, onde foi anunciado o fim do inquérito sobre a morte do jogador, o delegado foi questionado sobre como definiria Edison Brittes, também conhecido como Juninho Riqueza.

“Psicopata. Ele é doente. Agir com essa ausência de remorso, essa frieza. Ele mata, pede que limpem a casa e ainda pede para fazerem comida. Ele consegue se alimentar mesmo depois de tudo”, disse Amadeu Trevisan.

O delegado ainda afirma que Edison “é um criminoso que acredita na impunidade” e que “em liberdade ele representa risco para as testemunhas”. Na última semana, a prisão domiciliar de Cristiana Brittes, esposa de Edison, foi negada pela Justiça.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?