Geral

Casal é vítima de golpe por celular e de deboche de bandidos no Tocantins

Crédito: Reprodução/TV Anhanguera

Um casal de Palmas, no Tocantins, caiu em um golpe aplicado por bandidos via celular e logo em seguida recebeu uma ligação dos criminosos zombando deles por terem sido ingênuos de acreditar na mentira que inventaram. As informações são do G1 e da TV Anhanguera.

Após conseguirem enganar as duas vítimas, os bandidos fizeram uma chamada em vídeo e debocharam deles ao mostrar o que tinham comprado com o dinheiro do crime.

“Caramba, como você caiu nesse golpe, por que você não ligou antes?”, diz um dos criminosos na chamada com o casal.

Os dois preferem não se identificar, mas afirmam que os bandidos clonaram o Whatsapp de uma amiga deles e pediram dinheiro se passando por ela. O casal depositou R$ 800 na conta dos golpistas.

“Eles entraram em contato solicitando ajuda porque supostamente ela não estaria conseguindo fazer transferência por um problema no aplicativo. Aí ela solicitava uma ajuda rápida. Eu fiz a transferência e quando enviei o comprovante, ela perguntou se eu poderia fazer novamente outra transferência para complementar o restante. Eu respondi que faria, mas logo após recebi uma ligação da minha amiga, através de outro celular, avisando que o celular dela, o Whatsapp tinha sido clonado e que eu não fizesse nenhuma transferência”, diz uma das vítimas do golpe.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

A ousadia dos criminosos chamou atenção. Assim que receberam o dinheiro, eles fizeram uma chamada em vídeo. As vítimas gravaram a conversa. Nela, os suspeitos estão em uma casa e zombam da situação.

“Para você ver a audácia desses bandidos em mostrar o rosto, isso é o que mais choca. Essa sensação de impunidade, eles mostraram o rosto descaradamente, sabendo que não vão ser pegos, segundo eles”, disse o homem, que preferiu não se identificar.

“Deboche que essas pessoas fazem com as famílias é muito ruim, essa sensação”, enfatizou a mulher.

O delegado Claudemir Ferreira explica o modus operandi dos bandidos nessas situações. “Os criminosos inserem fotos de terceiro a uma conta aleatória e começam a encaminhar mensagens para parentes e amigos dessa pessoa. E uma das primeiras mensagens enviadas é: ‘Olha, troquei de número’. Começa a trocar mensagem com aquela pessoa, no que vai resultar do pedido de dinheiro emprestado”, diz.

Para diminuir as chances de cair em golpes desse tipo, o delegado recomenda que as pessoas se previnam habilitando uma verificação em duas etapas no aplicativo. Isso faz com que seja necessária a criação de uma senha que dificultaria a ação de criminosos.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel