Esportes

Casagrande chama Neymar de ‘súdito de Bolsonaro’ após declarações sobre Copa América

Atacante Neymar Jr. criticou brasileiros que torcerão para a Argentina na final da competição sul-americana. Para Casão, atleta é parceiro de 'governo negacionista'

Casagrande chama Neymar de ‘súdito de Bolsonaro’ após declarações sobre Copa América

 

O ex-jogador e comentarista esportivo na Globo Walter Casagrande disparou críticas contra o atacante da Seleção Brasileira Neymar, após declarações do atleta sobre a final da Copa América entre Brasil e Argentina. Para ele, o astro do Paris Saint-Germain é “súdito” do presidente da República, Jair Bolsonaro, e “patriota apenas no futebol”.

+ TABELA: Com novo líder, Brasileirão inicia nova rodada; veja os jogos

+ Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

– Mais de 500 mil mortos no país pela Covid-19, governo negacionista que não comprou a vacina quando deveria para poder salvar vidas, escândalo da “rachadinha” com a família Bolsonaro, violência policial nos morros do Rio matando crianças e muitas pessoas inocentes… Nada disso deixa o “patriota” Neymar bravo. Mas, se falarem que vão torcer contra a Seleção, porque o Messi é o maior ídolo da garotada brasileira, isso irrita muito – disparou Casagrande.

Para o ex-atacante de Corinthians e Seleção Brasileira, Neymar “não tem identificação nenhuma com a maioria da torcida brasileira” e que o camisa 10 se “tornou o jogador mais antipático, debochado e desrespeitoso do futebol mundial”. Casagrande ainda cutucou o jogador, chamando o craque do PSG de “súdito” de Bolsonaro.

– Desta vez, o presidente Jair Bolsonaro e seu súdito Neymar deixaram os argentinos motivados para essa final porque, como os dois não respeitam ninguém, falaram coisas que transformaram essa partida como a mais importante da história para os nossos vizinhos – escreveu ele em seu blog no ge.globo.

O atacante da Seleção Brasileira, que deve estar em campo para a final da Copa América contra o Brasil, havia ironizado os torcedores nacionais que vão torcer para os “hermanos”: “Vai pro c…”. Entre os jornalistas, uma comentarista do SporTV já confirmou que deseja ver Messi campeão em pleno Maracanã neste fim de semana.